4 lições em empreendedorismo de Sara Blakely

4 lições em empreendedorismo de Sara Blakely - GettyImages
Empresária dona da Spanxs detém 100% da empresa.

Algum tempo atrás, Sara Blakely foi convidada para uma festa. Naquela época, a empresária vendia máquinas de fax de porta em porta e economizava dinheiro para comprar uma calça branca bem cara. Ela queria usá-la na festa, mas buscava uma aparência perfeita, ou seja, sem marcas de roupas íntimas sob a peça. Para conseguir esse visual, cortou os pés de uma meia-calça e a usou por baixo.

VEJA TAMBÉM: 5 dicas de empreendedorismo do presidente da Cabify

Quando se olhou no espelho, Sara constatou que estava suavemente moldada por aquela roupa íntima. Naquele instante, percebeu que aquele era o tipo de produto que precisava estar disponível para todas as mulheres, independentemente do formato de seus corpos. A empreendedora aplicou sua única reserva em dinheiro – US$ 5.000 – na patente de sua ideia e no projeto do protótipo de sua marca de shapewear, a Spanx.

Hoje, Sara é uma bilionária self-made – com US$ 1,1 bilhão, ocupa a 1.190a posição na lista em tempo real da FORBES. Seu portfólio de produtos – que se expandiu para incluir também roupas de maternidade, leggings e até uma linha Spanx para homens – é vendido em lojas de departamento e está disponível em 65 países. Oprah Winfrey declarou a Spanx como uma de suas “coisas favoritas”, e Sara Blakely é a mais jovem bilionária mulher a ser incluída na lista de bilionários da FORBES.

Empresários que admiram Sara (e certamente há muitos deles) e que se inspiram em sua história podem acompanhar, na galeria de imagens a seguir, algumas das maiores dicas de negócios compartilhadas pela empresária ao longo dos anos:

  • 1. Acredite na sua ideia e confie nos seus instintos

    Para Sara, se você acredita na sua ideia, ninguém deve detê-lo – mesmo que ouça a palavra “não” um milhão de vezes. Para desenvolver uma mentalidade empreendedora, ela visualizou seus objetivos específicos e criou coragem para mergulhar profundamente no mundo dos negócios. Sara sabia que estava obcecada com sua ideia de negócio, e que o produto era uma solução para um problema com o qual as mulheres de todos os lugares do mundo estavam lidando há muito tempo.

    A empreendedora estava determinada a tornar o seu sonho realidade – apesar de todos os “não” que ouviu, começou a receber um coro de “sim” de outras pessoas que acreditavam em seu produto tanto quanto ela.

  • 2. Faça sua lição de casa

    Como uma empreendedora iniciante, Sara não tinha diploma na área de negócios. Ela também não tinha vivência nos setores de moda ou merchandising. Possuía apenas livros e sua própria experiência de vendas porta-a-porta. Mas ela conduziu uma pesquisa inicial – e qualquer empreendedor que tenha uma ideia nova e importante também deve seguir estas etapas:

    1. Faça reuniões com escritórios de advocacia para encontrar um advogado especializado em patentes;

    2. Redija sua própria patente, com base em pesquisa em um livro sobre o assunto e marcas registradas. O envio da proposta pode ser feito de forma online;

    3. Pesquise sobre as patentes existentes que sejam parecidas com os seu produto;

    4. Contate e viaje para conhecer fábricas que possam contribuir com a produção do seu produto para fazer apresentações;

    5. Visite lojas que forneçam as matérias-primas necessárias para escolher as melhores opções;

    6. Desenvolva um protótipo (e uma imagem abstrata para acompanhar a patente);

    7. Desenvolva embalagens exclusivas com a ajuda de um especialista em design gráfico.

    Você pode não saber tudo sobre um determinado setor no qual deseja deixar sua marca, mas isso não significa que você não possa aplicar cuidado e atenção a tudo que estiver fazendo.

  • 3. Evite dívidas

    Com cinco investimentos iniciais à parte, Sara não aceitou a ajuda de investidores externos. Ela arrancou e manteve seu trabalho diário enquanto lançava o negócio dos sonhos. Como resultado, hoje a empresária é livre de dívidas e detém 100% da Spanx.

  • 4. Invente um bom nome comercial e marca registrada

    Spanx. É um pouco picante se você considerar que o “x” geralmente tem um “k”, não é? De acordo com Sara, que tem amigos no stand-up, o som de “k” tende a fazer o público rir – e esse era o tipo de som que ela estava procurando. “Spanks” surgiu na mente da empresária enquanto ela estava presa no trânsito; ela escreveu e trocou o “k” para um “x”. Isto tudo graças a sua pesquisa, por meio da qual aprendeu que as palavras inventadas são mais fáceis de registrar e fixam melhor na memória dos consumidores.

    A moral da história? Pense como a fundadora do Spanx quando o assunto for batizar a sua grande ideia.

1. Acredite na sua ideia e confie nos seus instintos

Para Sara, se você acredita na sua ideia, ninguém deve detê-lo – mesmo que ouça a palavra “não” um milhão de vezes. Para desenvolver uma mentalidade empreendedora, ela visualizou seus objetivos específicos e criou coragem para mergulhar profundamente no mundo dos negócios. Sara sabia que estava obcecada com sua ideia de negócio, e que o produto era uma solução para um problema com o qual as mulheres de todos os lugares do mundo estavam lidando há muito tempo.

A empreendedora estava determinada a tornar o seu sonho realidade – apesar de todos os “não” que ouviu, começou a receber um coro de “sim” de outras pessoas que acreditavam em seu produto tanto quanto ela.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).