Universidade de Harvard arrecada recorde de US$ 9,6 bilhões em fundos

istock
Orçamento da universidade mais rica do país foi de US$ 36 bilhões em 2017.

A Universidade de Harvard, escola mais rica dos Estados Unidos, acrescentou quase US$ 10 bilhões aos seus cofres por meio de uma campanha de arrecadação de fundos, que atingiu um valor recorde. A campanha foi anunciada publicamente em 2013, com uma meta de US$ 6,5 bilhões, e terminou oficialmente em 1º de julho.

VEJA TAMBÉM: 10 melhores universidades dos Estados Unidos em 2018

“À medida que novos desafios e oportunidades surgem no ensino superior e além dele, Harvard sempre está bem posicionada para responder e se adaptar, graças à generosidade de nossos ex-alunos e amigos”, disse o presidente da universidade, Larry Bacow, em um comunicado divulgado na semana passada. Ele acrescentou que os fundos doados ajudarão a missão da instituição de “tornar o mundo um lugar melhor por meio do nosso ensino e de bolsas de estudos”.

Harvard já é a mais rica universidade do país. O orçamento da instituição foi de US$ 36 bilhões em 2017, segundo estudo anual da Associação Nacional de Dirigentes de Negócios de Colégios e Universidades e do Commonfund Institute. A Harvard Management Company atualmente declara um fundo de US$ 37,1 bilhões.

A impressionante arrecadação ocorre em um momento de incerteza no ambiente de ensino superior, com fechamento de faculdades e corte de programas acadêmicos. “Os ricos estão cada vez mais ricos, e os pobres, cada vez mais pobres, e há centenas de faculdades que simplesmente implorariam para dividir um bilhão de dólares entre elas”, disse Peter F. Lake, professor de Direito e diretor do Centro de Excelência em Ensino Superior de Direito e Política na Universidade Stetson.

Lake disse ao jornal estudantil “Harvard Crimson” que outras escolas podem olhar para Harvard e ver um exemplo de como direcionar doações para uma instituição e que é provável que o excelente resultado da campanha influencie a forma de as pessoas operarem sua arrecadação de fundos.

E AINDA: 20 melhores universidades do mundo em 2019

Segundo informações de Harvard, mais de 153 mil famílias doaram para a campanha. Dos US$ 9,6 bilhões arrecadados, US$ 1,3 bilhão será destinado à ajuda financeira estudantil. Os fundos também apoiarão 142 professores, instalações novas e renovadas e pesquisas de tópicos como a cura do câncer e mudanças climáticas.

O recorde anterior em arrecadação para faculdades pertencia à Universidade de Stanford, que encerrou uma ação de cinco anos em 2012, no valor de US$ 6,2 bilhões, uma marca que Harvard bateu com três anos de campanha.

Grandes campanhas de arrecadação em andamento incluem US$ 6 bilhões da Universidade do Sul da Califórnia, US$ 5 bilhões da Universidade da Virgínia e US$ 4,2 bilhões da Universidade da Califórnia, em Los Angeles.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).