7 lições bilionárias da carreira de Paul Allen

Paul Allen morreu no último dia 15. Como cofundador da Microsoft e responsável por convencer Bill Gates a se juntar a ele no desenvolvimento de um novo empreendimento na indústria de PCs, ele fez mais do que qualquer outra pessoa para chegarmos ao estágio atual dos computadores pessoais.

VEJA TAMBÉM: Cofundador da Microsoft Paul Allen morre aos 65 anos

Há padrões na forma como empreendedores bilionários alcançaram o sucesso. Veja na galeria de fotos a seguir, 7 lições bilionárias da ilustre carreira de Allen e de sua parceria com Gates:

  • 1. Desenvolva habilidades voltadas para tendências com potencial de crescimento

    Este é um dos principais pontos da atual era de ouro do empreendedorismo bilionário. Obter habilidades para atuar em uma tendência cm potencial de crescimento talvez seja a lição mais importante que todos podemos aprender. Allen e Gates melhoraram a tecnologia existente dos computadores pessoais enquanto cursavam juntos o ensino médio em Seattle. Isso lhes deu expertise para entender o que acontecia na área e para liderar o que ainda era um mundo obscuro de uma indústria em ascensão. Outros que seguiram o mesmo princípio foram os fundadores da Intel, da Apple, do Google, da Amazon e do Facebook, por exemplo.

  • 2. Entre no mercado no momento certo

    Quando a indústria de computadores surgiu, e a Altair apresentou o primeiro kit de PC, Allen convenceu Gates de que era hora de entrar na indústria desenvolvendo um programa para a empresa. Ele queria ser pioneiro nesse mercado emergente.

  • 3. Persista por seus próprios meios

    No começo, Allen trabalhava em um emprego em tempo integral e desenvolvia softwares. Junto a Gates, conduziu a empreitada em período parcial até que os dois tivessem recursos suficientes para se dedicarem ao negócio em tempo integral. Eles não procuraram um padrinho ou investimento. Gates ficou em Harvard e trabalhou nos projetos. Quando descobriram que a Altair poderia fazer uso de algum tipo de ferramenta, eles desenvolveram o software e o venderam para a empresa.

  • 4. Reproduza (ou adquira) e melhore

    Quando a IBM decidiu entrar no setor de PCs, Gates percebeu que a empresa precisaria de um sistema operacional. Então, Allen e Gates compraram um, melhoraram, licenciaram para a empresa e se tornaram o centro da computação moderna. No mundo clichê de hoje, todo mundo está fixado em “inovação” ou em ser o “pioneiro”. Porém, os dois sócios não tentaram ser os primeiros para ter sucesso. Em vez disso, a Microsoft se tornou dominante ao usar estratégias de negócios inteligentes como imitar, adquirir e agregar software, e não “inovar”.

  • 5. Forme uma aliança para dominar

    Allen e Gates formaram uma aliança com a IBM, rainha do mundo da computação na época, para se destacarem. Com a gigante da informática em busca de um sistema operacional, eles caminharam rumo ao sucesso. A grande sacada de Gates e Allen estava em licenciar o sistema operacional para a IBM em uma base não exclusiva. Dessa forma, eles poderiam tornar o software o centro do universo computacional.

  • 6. Revise sua estratégia

    A maioria dos empreendedores não consegue a fórmula mágica na primeira tentativa. Eles entram, analisam o terreno e mudam a estratégia. Isso é o que Allen e Gates fizeram quando viram sua oportunidade de ouro, concentrada no sistema operacional, e fizeram dela um padrão para computadores, com a influência da IBM.

  • 7. Conheça a si mesmo e tenha o parceiro certo

    Allen queria desenvolver novas tecnologias e sabia que talvez não tivesse o instinto necessário para ter sucesso em uma indústria emergente. Ele conhecia seus limites. Mas também estava ciente do fato de que seu amigo Gates tinha a garra e a vontade de vencer. Então, ele seguiu Gates em Harvard após o ensino médio, e os dois começaram a trabalhar juntos no desenvolvimento de softwares. Encontrar o parceiro certo foi fundamental para o seu glorioso sucesso.

1. Desenvolva habilidades voltadas para tendências com potencial de crescimento

Este é um dos principais pontos da atual era de ouro do empreendedorismo bilionário. Obter habilidades para atuar em uma tendência cm potencial de crescimento talvez seja a lição mais importante que todos podemos aprender. Allen e Gates melhoraram a tecnologia existente dos computadores pessoais enquanto cursavam juntos o ensino médio em Seattle. Isso lhes deu expertise para entender o que acontecia na área e para liderar o que ainda era um mundo obscuro de uma indústria em ascensão. Outros que seguiram o mesmo princípio foram os fundadores da Intel, da Apple, do Google, da Amazon e do Facebook, por exemplo.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).