7 dicas de mindfulness para empreendedores

Embora pareça contraintuitivo, numerosos estudos mostram que, na verdade, conseguimos mais ao fazer menos — ou ao diminuir o ritmo frenético de trabalho. Empreendedores se cobrar demais para alcançar o sucesso com rapidez, trabalhando por longas horas e arriscando a saúde em troca de possíveis riquezas no futuro. Há um bom jeito de encontrar equilíbrio nessa correria, reduzir as preocupações do trabalho e ao mesmo tempo tornar-se mais produtivo: o mindfulness.

VEJA TAMBÉM: 6 livros para entender o mindfulness

Mindfulness (ou atenção plena, em português) implica estar ciente do momento, estar desperto no tempo presente. E também mudar mentalmente: passar de um estado preso a pensamentos e preocupações para outro, consciente dos pensamentos e preocupações. Mesmo sem qualquer ruptura física, pode fornecer uma quebra mental muito benéfica em meio ao estresse de uma startup.

Como ser mindfulness? Primeiro, você deve limpar a mente de toda confusão. A desordem muitas vezes deriva de uma longa lista de afazeres, que surge quando tentamos realizar muitas coisas em curto espaço de tempo. Com atenção, você consegue se concentrar melhor, diminuir a velocidade e focar na tarefa da vez.

Em resumo, ser cuidadoso implica cuidar das suas necessidades físicas, mentais e espirituais. Se você não cuida bem de si mesmo, não pode ser produtivo ou criativo. “Parar e cheirar as rosas” é parte dessa ideia. Faça menos, de propósito, para fazer com atenção plena. Isso melhora o desempenho em tudo.

Os empreendedores são super-programadores clássicos. O foco pleno ajuda a acalmar, desestressar e observar os negócios prosperarem.

E IANDA:10 melhores aplicativos de meditação e mindfulness

Veja, na galeria de imagens a seguir, 7 dicas para desacelerar, focar e tornar-se mais produtivo. Eles são tirados da gravação de Mark Ellwood, “The Calm Manifest” (O Manifesto da Calma, em tradução sugerida). Ellwood é presidente da Pace Productivity, uma consultora de produtividade conhecida mundo afora.

  • 1. Não tenha pressa

    Planeje seu dia, mas não seja rígido. É mais importante fazer as coisas do que cumprir tudo. E desempenhar uma atividade às pressas pode levar a erros ou acidentes, que atrasam ou impedem o progresso.

  • 2. Trabalhe menos

    Um recente estudo sueco mostrou que a produtividade aumenta com jornadas de trabalho menores. Os benefícios de bem-estar que você obtém com descanso suficiente e inatividade podem melhorar sua performance.

  • 3. Ande mais

    Se possível, vá ao escritório a pé. Ou caminhe, pelo menos, do trabalho para o almoço e vice-versa. Exercício e ar fresco ajudam a limpar a mente e a permitir que ela se concentre na próxima tarefa — eles liberam energia mental para a criatividade. Se não pode sair, o recomendável é ter uma esteira por perto.

  • 4. Saia da internet

    Estamos todos conectados às redes, mais do que nunca. Dê um tempo. Pare de enviar mensagens de texto, de verificar o e-mail e fazer chamadas telefônicas enquanto desempenha outras atividades. Em outras palavras, desligue-se. Desconecte-se, mesmo que por pouco tempo. Isso ajudará você a concentrar a atenção na tarefa em mãos, sem distrações desnecessárias. Se for preciso atender chamadas durante o trabalho, tente instituir “horas de inatividade” e encaminhe as ligações para o correio de voz.

  • 5. Relaxe com amigos e família

    Separe um tempo para as pessoas que são importantes para você — família e amigos. Sentar-se para uma refeição em boa companhia ajuda a escapar da confusão mental das exigências do trabalho. Concentre-se nas pessoas de quem você gosta. Isto poderá proporcionar clareza mental e sensação de calma.

  • 6. Pare de procrastinar

    Outra maneira de melhorar a atenção é parar de procrastinar. Quando você adia alguma coisa, ela continuará a ocupar seus pensamentos, o que impede o raciocínio claro sobre outras prioridades. Complete a tarefa e siga em frente.

  • 7. Delegue mais

    É possível conseguir muito mais, se você delegar. Você não deveria ter que fazer tudo sozinho. Pedir ajuda com tarefas menores ou estranhas, e até mesmo com a atividade principal pode liberar sua energia para voltar a focar exatamente no que precisa ser realizado. Pedir ajuda aos colegas também cria o benefício de transformar seu grupo em uma equipe, com um senso de propósito comum.

1. Não tenha pressa

Planeje seu dia, mas não seja rígido. É mais importante fazer as coisas do que cumprir tudo. E desempenhar uma atividade às pressas pode levar a erros ou acidentes, que atrasam ou impedem o progresso.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).