Como exercitar a paciência ao começar um negócio

Getty Images
A maioria dos novos empresários quer dar início ao negócio o mais rápido possível, e uma vez que as portas estão abertas, esperam ganhar dinheiro logo de cara

No mundo de hoje, queremos ser recompensados com rapidez. Queremos tudo no nosso tempo, e muitas vezes esquecemos que as coisas mais importantes na vida e nos negócios costumam demorar um pouco para serem consolidadas. Ao longo dos anos, aprendi a ser paciente, e essa é a lição que quero compartilhar com você.

LEIA MAIS: Por que perder a paciência não é sinal de inteligência

Trabalho com muitos donos de empresas, principalmente de restaurantes, e costumo lhes ensinar um pouco sobre como ter paciência. A maioria dos novos empresários quer dar início ao negócio o mais rápido possível, e uma vez que as portas estão abertas, esperam ganhar dinheiro logo de cara. Mas, caso isso não ocorra, não quer dizer que seu negócio não é promissor.

Veja, na galeria de fotos abaixo, como exercitar a paciência ao começar um negócio:

  • 1) Entenda que tudo tem seu tempo

    Costumo dizer que o retorno demora um ano ou até mais. Muito poucos restaurantes, por exemplo, contam com altos lucros logo no primeiro mês. É importante entender que é preciso esperar para ver os resultados.

    Recentemente, visitei uma vinícola na Espanha, que pode ser tida como um bom exemplo de uma empresa que teve paciência. O processo, desde o momento em que plantaram um vinhedo pela primeira vez até o momento em que o vinho já estava engarrafado, demorou 20 anos. Esta adega plantou as vinhas, cultivou as raízes, respeitou o solo e trabalhou em harmonia com a mãe natureza. Levou quase 10 anos para colher uvas dignas de vinho, e isso foi apenas metade do processo. Então, eles começaram o processo de esmagação das uvas, fermentação, envelhecimento e engarrafamento. Todo esse processo levou mais uma década.

    Não necessariamente as empresas demoram tudo isso para se consolidar, mas, no geral, a indústria costuma demandar certa dose de paciência. Pode não ser de 20 anos, pode ser 15, mas imagine sua empresa aberta por 10 anos antes de gerar lucros favoráveis.

  • 2) Meça o crescimento de seu negócio e esteja preparado

    É preciso estar pronto para sustentar seu negócio no primeiro ano, para mais do que a falta de lucros. Entenda o que é necessário para fazer com que seu negócio seja bem-sucedido. A maioria dos empresários acha que o dia em que eles abrem é o dia em que todos os seus problemas desaparecem. Na realidade, o dia em que você abre um negócio é o dia em que seus problemas começam realmente a aparecer.

    Uma vez que seu negócio abre, assim como a maioria dos restaurantes e outros negócios, ele continuará crescendo conforme o passar do tempo. Mas expandir o seu negócio não necessariamente significa ganhar mais dinheiro. Eu medi meu crescimento ao longo de 16 anos no mercado por meio do crescimento do meu banco de dados. O número de pessoas nele costuma ser um bom indicador de como o marketing de hoje pode afetar o futuro de meus negócios. Nos primeiros anos, eu sabia que cada nome no meu mailing poderia significar um retorno financeiro no futuro. É possível fazer com que seus lucros aumentem de 25% para 95% somente ao aumentar em 5% seus clientes fixos. O custo de adquirir novos clientes é de 5 a 25 vezes maior do que simplesmente manter um cliente já existente. Paciência e compreensão me ajudaram a nunca olhar para um ganho rápido sem ver antes o contexto do meu negócio.

  • 3) Construa seus alicerces

    Ninguém faz sucesso em uma única noite. Você pode pensar que alguns atletas profissionais, tais quais LeBron James, fizeram sucesso da noite para o dia. O que você pode não saber é como esses atletas de 5, 6, 12 ou 15 anos passaram horas em treinamento. Larry Bird, por exemplo, praticava todos os dias antes da escola.

    Você deve construir sua base. A vinícola esperou 20 anos e quando finalmente produziu o primeiro rótulo, foi incrível.

  • 4) Visualize aonde você quer chegar

    Quando você inicia um negócio, é claro que deseja saber aonde ele pode chegar. Para essa vinícola, eles já sabiam que seria um longo processo. Mas também sabiam que estavam dando o melhor de si a fim de obter um melhor resultado final. Eles sabiam que em 20 anos teriam um vinho incrível. É isso que temos de buscar como empreendedores.

    É importante saber o que você quer para o seu negócio e se manter focado em seus objetivos. E tenha paciência tanto nos seus negócios quanto na sua vida pessoal.

1) Entenda que tudo tem seu tempo

Costumo dizer que o retorno demora um ano ou até mais. Muito poucos restaurantes, por exemplo, contam com altos lucros logo no primeiro mês. É importante entender que é preciso esperar para ver os resultados.

Recentemente, visitei uma vinícola na Espanha, que pode ser tida como um bom exemplo de uma empresa que teve paciência. O processo, desde o momento em que plantaram um vinhedo pela primeira vez até o momento em que o vinho já estava engarrafado, demorou 20 anos. Esta adega plantou as vinhas, cultivou as raízes, respeitou o solo e trabalhou em harmonia com a mãe natureza. Levou quase 10 anos para colher uvas dignas de vinho, e isso foi apenas metade do processo. Então, eles começaram o processo de esmagação das uvas, fermentação, envelhecimento e engarrafamento. Todo esse processo levou mais uma década.

Não necessariamente as empresas demoram tudo isso para se consolidar, mas, no geral, a indústria costuma demandar certa dose de paciência. Pode não ser de 20 anos, pode ser 15, mas imagine sua empresa aberta por 10 anos antes de gerar lucros favoráveis.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Forbes no Facebook: http://fb.com/forbesbrasil
Forbes no Twitter: http://twitter.com/forbesbr
Forbes no Instagram: http://instagram.com/forbesbr

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).