Roche leva app brasileiro de saúde à Alemanha

Divulgação
App mede batimentos cardíacos pela câmera do celular

A Heart Care, startup de monitoramento de saúde pelo celular, foi a vencedora do Desafio Roche 2018 – Empowering Patient Data to Redefine Healthcare. Como prêmio, a Roche, líder global em biotecnologia, ofereceu um programa de imersão no seu Digital Health Accelerator, em Munique, onde os fundadores terão contato com as iniciativas do centro de inovação da Roche e com investidores locais.

LEIA MAIS: Mais evidências indicam que pensar positivo faz bem ao coração

Fundada por Daniel Santos, João Raupp, Marjoel Moreira e o cardiologista Hélio Castello, a healthtech está incubada no Eretz.Bio, hub de inovação do Hospital Albert Einstein, em São Paulo. Desenvolveu seu app com a tecnologia de inteligência artificial IBM Watson (a startup também faz parte de um programa global da IBM).

O app captura e registra dados cardíacos (colocando-se o dedo sobre a câmera e o flash do celular) e armazena vários outros parâmetros, criando um banco de informações personalizado que inclui compromissos médicos, agendamento de medicamentos, tipo sanguíneo, doenças preexistentes e várias outras. Está integrado com os serviços de emergência de todo o mundo e é compatível com todos os gadgets de monitoramento – inclusive da Apple, da qual obteve homologação.

“Nosso objetivo é a prevenção, é estimular um estilo de vida saudável no maior número possível de pessoas. Estamos orientados para a medicina que foca na saúde e não na doença”, diz Santos.

“Mesmo sem divulgação e antes da versão para Android, lançada na última semana de outubro, a versão iOS já era usada por mais de 20 mil pessoas em 118 países, com mais de 10 milhões de medições”, comemora.

Reportagem publicada na edição 63, lançada em novembro de 2018

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).