Forbes revela os dois primeiros CIOs do Prêmio Inovação

GettyImages
Executivos eleitos ultrapassam os limites dos cargos e fazem da inovação a protagonista do crescimento da empresa

Resumo da matéria

  • Rob Carter, Diretor de Informações da FedEx e Ed McLaughlin, Presidente de Operações e Tecnologia da Mastercard, foram os primeiros vencedores do Prêmio Inovação CIO da Forbes 2019 anunciados na última segunda-feira (8);
  • Rob Carter liderou o desenvolvimento do FedEx OnSite, uma rede de conveniência de varejo em parceria com varejistas terceirizados;
  • Ed McLaughlin, Presidente de Operações e Tecnologia da Mastercard,liderou sua equipe no desenvolvimento de um mecanismo de inteligência artificial contra fraudes cibernéticas.

Na última segunda-feira (8), durante cerimônia realizada em Half Moon Bay, Califórnia, foram anunciados os dois primeiros vencedores do Prêmio Inovação CIO, uma iniciativa da Forbes. Os executivos eleitos ultrapassaram os limites de seus cargos e estão fazendo da inovação a protagonista do crescimento significativo da receita das companhias nas quais trabalham.

VEJA TAMBÉM: O segredo do sucesso do CEO da Microsoft

Desde sua criação, o prêmio tem como foco o ganho financeiro proporcionado pelas áreas de tecnologia da informação comandadas pelos CIOs. Para a Forbes, este é um dos principais diferenciais entre os executivos escolhidos e seus pares.

Veja quem são os dois primeiros eleitos. Os demais serão revelados ao longo do ano:

Rob Carter

Empresa: FedEx

GettyImages
Rob Carter liderou o desenvolvimento de uma rede de conveniência em parceria com varejistas terceirizados

Carter liderou o desenvolvimento do FedEx OnSite, uma rede de conveniência de varejo em parceria com varejistas terceirizados de mercearia e farmácia, com o objetivo de receber e manter pacotes para os clientes da FedEx. Nos EUA, o principal parceiro é o Walgreens, com mais de 7,5 mil pontos espalhados pelo país. O canal começou como um piloto em novembro de 2015 e cresceu rapidamente – atualmente são mais de 9 mil locais. “Ao aumentar os nossos pontos de acesso, passamos a receber mais de 10 milhões de pacotes. Em comparação ao esforço de construção de novas lojas ou da conquista de uma parte maior do crítico mercado de varejo, essa iniciativa foi muito lucrativa”, diz o executivo.

Ed McLaughlin

Empresa: Mastercard

GettyImages
Ed McLaughlin liderou equipe de tecnologia da Mastercard no desenvolvimento de um mecanismo de inteligência artificial contra fraudes cibernéticas

Sob sua liderança, a equipe de tecnologia da gigante da área financeira desenvolveu um mecanismo de inteligência artificial que conecta todos os aspectos dos negócios para proteger clientes, consumidores e parceiros na luta contra a fraude cibernética. “Quando se trata de cibercrime e fraude no setor financeiro, bilhões de dólares estão em jogo todos os dias. O SafetyNet evitou US$ 46 bilhões em possíveis perdas por fraude para nossos clientes em 2017”, conta o executivo. Segundo ele, as soluções em IA da Mastercard continuam aumentando a receita da companhia ano após ano. “Especificamente nas áreas nas quais usamos a inteligência artificial para detectar fraudes, incluindo processamento de transações e serviços de valor agregado, observamos aumentos de receita de dois dígitos. A receita gerada pelo processamento de transações aumentou 19% de 2017 a 2018, enquanto os rendimentos com serviços de valor agregado cresceu 17% ano a ano. Juntas, esses valores representam 49% da receita líquida total da Mastercard.”

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).