O bitcoin e a regra de venda do botão da jaqueta de Warren Buffett

Getty Images
Warren Buffett afirmou que, se o bitcoin tem valor, o mesmo acontece com o botão de sua jaqueta

Resumo:

    • Se o bitcoin tem valor, o mesmo acontece com o botão de sua jaqueta, disse o mega-investidor;
    • Oportunidades merecem a atenção dos investidores. É assim com a criptografia;
    • Está claro que o blockchain mudará o mundo, e as criptomoedas alimentarão isso.

Acho que já abordei muito o final do “criptoinverno” em artigos anteriores e, se você os leu, teria de ser um “criptocínico” para insistir que o atual rali é apenas um detalhe antes da inevitável extinção.

LEIA MAIS: Microsoft lança serviços de computação em nuvem para IA e blockchain

Foi interessante ouvir Warren Buffett afirmar que, se o bitcoin tem valor, o mesmo acontece com o botão de sua jaqueta, e que ele poderia muito bem vendê-lo por US$ 1.000 ou, depois de uma ação de promoção no mercado, até por US$ 2.000. Warren acertou no alvo.

Eu gostaria muito de enviar uma mensagem ao melhor investidor dos tempos modernos. Algo do tipo:

“Querido Warren Buffett,

Por favor, eu gostaria que considerasse a minha oferta de US$ 1.000 para um dos botões da sua jaqueta e, se achar insuficiente, faço a proposta de US$ 2.000. Caso esteja de acordo, ficarei feliz em fechar o negócio. Eu posso pagar em dinheiro, cheque, transferência bancária, PayPal ou Apple Pay. Se preferir, em uma criptomoeda da sua escolha.

Abraços”

Eu tenho de dizer: Warren Buffett fez, indiretamente, com que eu ganhasse muito dinheiro ao longo dos anos, já que sou um investidor de valor (“value investor”, em inglês, o tipo que aposta no longo prazo) e minha carteira é chata de tão tradicional. Tenho, na maioria das vezes, me virado seguindo os mesmos passos de investimento dele e de Benjamin Graham.

No entanto, chega um momento em que grandes retornos podem ser obtidos, não porque uma ação é barata, mas porque ela crescerá extraordinariamente, já que a empresa está surfando uma onda, como aconteceu nos históricos casos da computação e da internet. Infelizmente, isso atrai a ganância dos investidores iniciantes. É o argumento que tem impulsionado o mercado de ações desde o seu início em 1600 e, na maioria das vezes, leva os especuladores ao prejuízo. Esse tipo de investimento é raro, difícil de encontrar e extremamente complicado de se manter.

É muito mais fácil encontrar empresas tradicionais e deixar o crescimento econômico aumentar o capital por meio da sua valorização. É mais fácil, em teoria, ser um investidor de valor, mas, na prática, a natureza humana torna a compra e a manutenção de uma carteira de investimentos desse tipo quase tão impossível quanto comprar ações da Amazon no auge e as manter durante a queda das pontocom.

VEJA TAMBÉM: Projeto blockchain da IBM tem adesão de seguros saúde

Eu tento fazer as duas coisas. Construo portfólios de investimento de longo prazo e eles me atendem bem, mas notei que poucas pessoas se preocupam em fazer o mesmo. Tenho sido capaz de controlar meu psicológico para me jogar nos booms de determinados movimentos, mas não é uma estratégia. É apenas uma tática para adicionar um pouco de energia aos retornos. Na onda cripto, realmente é a primeira vez que avalio a oportunidade de ser grande o suficiente para aderir e estar preparado para percorrer caminhos difíceis até conseguir retornos ridículos.

A boa notícia é que, com tal estratégia, você não precisa se comprometer com um resultado de pobreza ou riqueza. Fazer um investimento modesto é suficiente para alcançar um impacto positivo em termos de dinheiro.

Para ter uma oportunidade de comprar uma Apple à beira da falência por centavos é preciso quase que ser clarividente. E essa clarividência não precisa significar uma visão sobrenatural do futuro – pode ser uma visão clara dele. Cada investidor, em algum momento, perceberá certas tendências em algum cenário de investimento e não entenderá por que ninguém está notando isso da mesma forma. Um exemplo disso para mim, agora, é que o oeste norte-americano precisará, em poucos anos, de 50% mais geração de energia para carregar veículos elétricos do que hoje. Como isso não vai servir de munição para as ações das empresas do setor? São essas oportunidades que merecem a atenção dos investidores, porque eles têm uma percepção clara e óbvia que parece ter passado em branco pelas outras pessoas.

É assim que eu vejo a criptografia.

Para mim, está absolutamente claro que o blockchain mudará o mundo, e as criptomoedas alimentarão isso. Vai demorar décadas, mas, afinal de contas, a Amazon não levou quase uma geração para derrubar o espaço físico do varejo? Isso não aconteceu imediatamente, mas a ideia e o processo fundamentais permaneceram os mesmos. O blockchain seguirá esse caminho, de trabalhar a aceitação.

Agora, porém, o blockchain e as criptomoedas ainda fazem parte de um segmento pequeno, e é muito cedo para exigir um avanço. O processo, no entanto, ainda está em andamento.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).