Libra é a licença para o Facebook imprimir dinheiro

Getty Images / Chesnot
A criptomods é aposta do Facebook

Resumo:

  • Uma grande movimentação financeira em libra gerada pelo Facebook poderia estabilizar seu valor;
  •  O bitcoin é conhecido exatamente por sua instabilidade, então uma criptomoeda estável ofereceria novas oportunidades ao Facebook;
  •  A chance de imprimir dinheiro subiria o valor da empresa e chama a atenção de acionistas.

O Facebook anunciou sua criptomoeda própria, a libra. O bitcoin provou que é possível criar uma moeda sem envolvimento do governo, apesar de seus preços instáveis impossibilitarem seu uso mais abrangente. No momento em que o Facebook passar a cobrar por seus serviços em libra, isso dará à sua criptomoeda a escala necessária para alcançar estabilidade. Um valor estável pode ser a licença para imprimir dinheiro e uma grande vitória para seus acionistas.

LEIA MAIS: A reviravolta na opinião do CEO da Ripple, da criptomoeda XRP, sobre o bitcoin

A receita do Facebook nos últimos três meses foi de pouco mais de US$ 15 bilhões. Se seus negócios fossem feitos em libras, uma grande e constante demanda pela moeda seria gerada, o que forneceria volume de comércio suficiente para que as pessoas pudessem realizar seus negócios sem instabilizar o preço da libra.

A razão da volatilidade do bitcoin é que não há muito o que se comprar com ele. Além de pizzas com muita publicidade, acredito que a maioria das compras feitas com bitcoin são transações que compradores e vendedores desejam manter em segredo. Às vezes, o volume dessas transações é grande, mas às vezes não é. Sem uma demanda alta e constante, o mercado do bitcoin não é fundo o suficiente para estabilizar seu valor.

Nos EUA, como a economia produz anualmente aproximadamente 25% dos bens e serviços do mundo, o mercado de dólares é profundo. Quase qualquer um pode comprar ou vender quantos dólares quiser sem mudar seu preço materialmente. Isso torna a moeda um bom jeito de comprar poder.

Substituir o dólar não será fácil para a libra. Mas em países como a Venezuela, uma libra estável poderia substituir a moeda do país pelo simples fato de conseguir manter seu valor melhor do que o dinheiro local.

Na Venezuela, o bolívar, que é usado desde 1879, foi substituído pelo bolívar fuerte, em 2008, na conversão de 1.000 bolívares para 1 bolívar fuerte (chamado de Bf). Depois, em 2018, o Bf foi substituído pelo bolívar soberano (chamado de Bs), na cotação de 100.000 Bf para 1 Bs.

VEJA TAMBÉM: Como a Libra do Facebook vai afetar o preço do Bitcoin

Reduzir o poder dos governos de manipular sua moeda seria uma mudança positiva no mundo.

O lado bom para acionistas do Facebook?

Em uma palavra: senhoriagem. Imprimir uma nota de um dólar não custa um dólar para o governo norte-americano. Digamos que o papel, a tinta, o trabalho e tudo mais custem cinco centavos. Os outros 95 centavos são a chamada senhoriagem, e tradicionalmente sempre pertenceram ao soberano. Se estamos imprimindo notas de US$ 100, a senhoriagem é de US$ 99,95, em vez de 95 centavos, o que é ótimo.

Quanto maior o volume de transações em libra, mais dinheiro o Facebook poderá emitir, e maior será a senhoriagem.

Com a capitalização do mercado do Facebook maaior que US$ 500 bilhões, a libra tem potencial de dobrar esse valor caso ela seja bem aceita, o que, no entanto, está longe de ser uma certeza.

No decorrer da história, existiram muitas tentativas de gerenciar uma moeda para manter seu preço. Ninguém obteve sucesso a longo prazo, nem mesmo os Estados Unidos. O documento de 29 páginas da libra reconhece muitos desafios não resolvidos. Existe uma grande variedade de possíveis resultados, mas esse é um esforço que vale a pena para o Facebook.

VEJA TAMBÉM: Sete países onde as criptomoedas não são tributadas

Minha opinião: eu investi 10% do meu dinheiro reservado para mercados em baixa (o chamado bear market portfolio) no Facebook antes da libra ser anunciada, baseando-me na força de sua publicidade, como Robert Frazier, um dos meus gerentes e expert em redes sociais, já explicou em artigos anteriores.

Acredito que desenvolver a libra é uma estratégia inteligente para o Facebook. Ela não agrega valor ao Facebook nesse estágio, mas poderia ser uma grande vitória para seus acionistas daqui a alguns anos.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook

Twitter

Instagram

YouTube

Baixe o app de Forbes Brasil na Play Store e na App Store

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).