7 praias espetaculares na Itália para visitar agora

iStock
Águas cristalinas e redutos arqueológicos compõem paisagens inesquecíveis

Com quase 8 mil quilômetros de costa, a Itália tem inúmeras praias, nas partes de baixo e de cima da “bota”, bem como ilhas magníficas. Algumas delas são território de navegação da elite europeia. Outras abrigam sítios arqueológicos dignos de visita.

LEIA MAIS: 17 dicas de moda e estilo para curtir as praias da Itália

Veja, na galeria de fotos abaixo, 7 praias para serem exploradas, tanto aquelas que fazem parte das paisagens marinhas do Mediterrâneo como as de áreas ao redor:

  • Cala Corsara, Ilha Spargi (Sardenha)

    O arquipélago de Maddalena, um aglomerado de ilhas ao largo da costa norte da Sardenha, tem sido o principal território de navegação para a elite europeia. Ao longo de sua extensão estão numerosas praias idílicas, particularmente as da Cala Corsara na Ilha de Spargi. Desfrute de um dos quatro refúgios intocados que oferecem areia fina e dunas suaves, onde as flores silvestres crescem, e depois mergulhe nas águas de cores brilhantes.

  • Balzi Rossi (Ligúria)

    Uma ótima maneira de chegar à praia nesta área de Grimaldi, perto da fronteira francesa, é de barco. La Spiaggetta dei Balzi Rossi é uma instituição local com restaurante, instalações de praia e um local privilegiado na água, e pode providenciar para transportá-lo (se você chegar de carro, há também transporte para a praia). Mas há mais por lá mais do que a belíssima praia – Grimaldi é o lar de um dos sítios arqueológicos mais significativos do Mediterrâneo: as cavernas Balzi Rossi. Reserve um tempo para visitá-las, assim como o museu de pré-história com artefatos antigos.

  • Pescoluse (Puglia)

    Nas profundezas do sul, na costa do mar Jônico, encontra-se a sonhadora praia Pescoluse, muitas vezes apelidada de Maldivas do Salento devido ao mar transparente e raso, da areia fina e dos bancos de areia parecidos com ilhas que se projetam da água na maré baixa. A área de Salento, em Puglia, constitui o salto da “bota”. Além de esplêndidas praias, a região oferece culinária local saborosa e saudável para provar – e, claro, os vinhos de Puglia.

  • San Fruttuoso (Ligúria)

    Apesar de todos os turistas no verão, San Fruttuoso transmite a sensação de estar longe de tudo (não há carros ou lojas, apenas um punhado de casas). Acessível apenas por barco de Camogli, Portofino e outras cidades costeiras da Ligúria – ou através de trilhas de caminhada na península de Portofino -, este enclave, com uma pequena enseada de praia e um mar verde-azulado, é local de um importante marco. A Abadia de San Fruttuoso é um complexo da era medieval, com esplêndida arquitetura românica que já foi propriedade da poderosa família Doria, de Gênova. Pontos na pequena praia de pedregulhos são altamente cobiçados (cadeiras e guarda-sóis podem ser alugados), assim como as mesas do restaurante familiar Da Laura.

  • Praia a Mare (Calábria)

    O cenário dramático da Praia a Mare, no Mar Tirreno, inclui não apenas uma extensa praia de areia escura, mas também a Ilha Dino, repleta de cavernas. Localizada na Costa Citrus da Calábria, o local é conhecido por sua paleta de águas azuis, especialmente luminescentes nas grutas da ilha. Os preços dos hotéis podem ser atraentes em comparação com outros resorts italianos à beira-mar.

  • Due Sorelle (Le Marche)

    Le Marche é uma região menos conhecida por muitos viajantes internacionais, especialmente como um destino à beira-mar. Contudo, é o lar de uma das praias mais belas do país – Le Due Sorelle, uma faixa branca de costa no mar Adriático. Acessível apenas por barco (balsas partem de Numana e Sirolo, não muito longe de Ancona), Le Due Sorelle não possui clubes de praia, então você deve levar o que precisa para passar o dia por lá.

  • Scala dei Turchi (Sicília)

    Dependendo do ângulo e da hora do dia, este local espetacular, um deslumbrante redemoinho branco de calcário e marga, pode parecer um cruzamento entre um campo de gelo do Ártico e uma paisagem lunar. Localizada em Realmonte, não muito longe de Agrigento, a Scala dei Turchi (que significa “escadas turcas”) foi nomeada devido à formação rochosa em forma de escada que leva à água, em uma das formações geológicas mais impressionantes da Itália.

Cala Corsara, Ilha Spargi (Sardenha)

O arquipélago de Maddalena, um aglomerado de ilhas ao largo da costa norte da Sardenha, tem sido o principal território de navegação para a elite europeia. Ao longo de sua extensão estão numerosas praias idílicas, particularmente as da Cala Corsara na Ilha de Spargi. Desfrute de um dos quatro refúgios intocados que oferecem areia fina e dunas suaves, onde as flores silvestres crescem, e depois mergulhe nas águas de cores brilhantes.

 

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).