Sephora vai fechar lojas nos EUA por 1 hora

Reuters
Grife vai treinar funcionários sobre diversidade

A rede de varejo de cosméticos Sephora, da francesa LVMH, anunciou hoje (3) que vai fechar todas as suas lojas, centros de distribuição e escritórios nos Estados Unidos por uma hora na quarta-feira (5) para conduzir um treinamento sobre diversidade entre seus funcionários, depois de um incidente racial envolvendo uma indicada ao Grammy.

LEIA MAIS: Global 2000: as maiores do setor de vestuário em 2019

A cantora de R&B SZA, que é negra, afirmou em abril que foi discriminada em uma loja da Sephora em Calabasas, na Califórnia.

“Nós fomos informados sobre um incidente em nossa lojas em Calabasas e, além de contatarmos SZA diretamente, vamos reunir informações sobre o incidente para tomar medidas apropriadas”, afirmou a Sephora à Reuters. “Levamos reclamações como esta muito a sério. Discriminação não é tolerada na Sephora.”

SZA disse que uma funcionária da rede de lojas, identificada como “Sandy”, chamou um segurança para ter certeza de que a cantora não estava roubando. “Tivemos uma longa conversa. Tenha um dia abençoado Sandy”, disse SZA no Twitter.

“Apesar de ser verdade que a experiência sofrida por SZA ocorreu antes do lançamento da campanha ‘Nós pertencemos a algo lindo’, a iniciativa não é resultado deste tuíte”, disse a Sephora nesta segunda-feira, acrescentando que ela estava sendo preparada há cerca de um ano.

A campanha vai fechar lojas e escritórios por uma hora para “treinamento de inclusão” que vai envolver seus 16 mil funcionários nos EUA.

A iniciativa ocorre cerca de um ano depois que a rede de cafeterias Starbucks fechou 8 mil lojas nos EUA para treinamento após uma chamada para a polícia de um gerente de uma de suas lojas resultar na prisão de dois homens negros que estavam esperando por um amigo.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).